Diferença entre COACHING e TERAPIA

Muitas pessoas não sabem a diferença entre coaching e terapia, e acham que esses dois métodos são a mesma coisa. Contudo, eles são totalmente distintos.

Desde o objetivo até o tipo de abordagem. Além disso, os profissionais que trabalham com cada abordagem também são diferentes.

E entender qual a diferença entre coaching e terapia é importante para que você possa escolher o método mais adequado para o seu caso. Por isso continue lendo esse post e confira abaixo!

Entenda qual a diferença entre coaching e terapia

Esses dois métodos podem ser muito úteis para as pessoas. No entanto, antes de optar por um deles, você precisa compreender a diferença entre coaching e terapia. Confira abaixo.

Terapia

A terapia é um tratamento voltado para pessoas que sofrem com algum tipo de dor emocional/física, transtornos psicológicos ou distúrbios psiquiátricos. Ela precisa ser feita obrigatoriamente por um Terapeuta, que é um profissional com formação na área de psicologia.

Outra diferença entre coaching e terapia é que ela possui um caráter clínico, e por conta disso possui uma dinâmica mais analítica e investigativa. O especialista irá analisar e investigar todas as informações fornecidas pelo paciente nas sessões, para descobrir a raiz da “dor” dele.

Existem diferentes vertentes de terapia. Desde familiar até ocupacional.

Alguém que tem alguma dificuldade de participar ou manter uma vida social, pode fazer terapia ocupacional. Ao mesmo tempo, um casal com problemas no casamento pode procurar uma terapia de casal para entender melhor os motivos das desavenças e dificuldades.

Coaching

Uma grande diferença entre coaching e terapia é o profissional que realiza o processo. Na terapia você terá a orientação de um terapeuta formado na área de psicologia. Já no coaching você receberá auxílio de um coach, que não precisa, necessariamente, ter formação nessa área de psicologia.

No caso do coaching, não são apenas pessoas que sofrem com algum tipo de dor emocional ou transtorno psicológico e/ou psiquiátrico que podem buscar auxílio. Na verdade, qualquer indivíduo que sinta necessidade de orientação em algum aspecto da vida pessoal, profissional e financeira pode procurar esse tipo de abordagem.

Outra grande diferença é que a terapia não precisa ter um objetivo específico. Já o coaching possui metas bem definidas.

Além disso, ele tem como foco encontrar uma solução para o objetivo que foi definido. Já a terapia irá focar em diagnosticar as raízes de determinado problema ou distúrbio.

É importante ressaltar também que um processo de coaching não invalida um processo terapêutico, muito pelo contrário. Muitos dos meus clientes fazem terapia e estão buscando com o coaching para estabelecer metas e objetivos mais claros.

Qual a melhor alternativa?

Ambas as abordagens são eficientes e podem ajudar as pessoas. No entanto, cada uma possui objetivos e métodos distintos que atendem necessidades específicas.

Pode-se dizer que a terapia visa estudar o passado para melhorar o presente da pessoa. Já o coaching visa entender presente do indivíduo, para que no futuro ele possa alcançar as metas desejadas. O processo de coaching ajuda você a traçar metas, planos e objetivos para algo que queira alcançar.

Logo, não existen uma “alternativa mais indicada”. Tudo vai depender do seu caso e das suas necessidades.

Agora que você já sabe qual a diferença entre coaching e terapia, não deixe de avaliar com calma essas duas alternativas. Assim, será mais fácil entender qual delas poderá atender melhor as suas necessidades.

Ah, e fique espero o que tem de coach farsante por aí.. não caia na enganação de coaches que fazem milagres por você e seus objetivos. ISSO NÃO EXISTE E ISSO NÃO É COACHING! Coaching é um trabalho sério com ferramentas e metodologias cientificamente comprovantes.

Até breve.

Um abraço,

Renato Dip